Blog

Quais as vantagens e desvantagens dos sistemas on-grid e off-grid?

Se você pensa em instalar um sistema solar fotovoltaico para gerar a própria energia, precisa decidir entre os sistemas on-grid e off grid. Isso significa que você terá que fazer uma escolha entre ter um sistema ligado à rede da Distribuidora de energia, ou se prefere pagar mais por um sistema completamente independente. Neste texto, vamos falar um pouco de cada tecnologia e apresentar as vantagens e desvantagens do sistema.  

On-grid

De forma geral, o sistema on-gridd, ou conectado à rede, possui um inversor que precisa reconhecer a frequência e a tensão para que ele possa injetar a energia na rede, isso significa que ele precisa estar conectado à rede para funcionar.

Além disso, este é um sistema que trabalha pelo conceito de compensação. Por exemplo, se durante o dia o sistema está gerando energia, e você não a está consumindo em tempo real, ela é injetada na rede elétrica.

Já a noite, quando não há sol para a produção, a concessionária que lhe fornece. O que significa que este cliente nunca fica sem energia, e possui um sistema em que um dos elementos dá apoio ao outro.

Por isso, quando você dimensiona esse sistema de forma equilibrada, é possível chegar a uma conta em que apenas o custo de disponibilidade precisa ser pago.

Uma questão importante, é que, devido a essa relação entre o sistema e o uso da rede da concessionária, caso essa pare de fornecer energia, o sistema em si também vai parar de injetar energia na rede.

Isso acontece, principalmente, por uma questão de segurança. No momento em que se supõe que tem algum problema na concessionária, e algum técnico precisa fazer a manutenção, se você estiver produzindo e naquele momento estiver injetando energia na rede, pode acontecer algum acidente com esse funcionário.

No entanto, para a maioria dos projetos é mais eficiente se conectar à rede e compensar seu consumo de eletricidade. Afinal, a rede da distribuidora atua como uma bateria 100% eficiente e sem manutenção, além de fornecer energia ilimitada sob demanda em casos de necessidade. 

Off-grid

A principal diferença entre os sistemas on-grid e off-grid é que o sistema off-grid ou desconectado da rede é totalmente independente da energia da concessionária, ou seja, caso falte energia da Distribuidora na mesma região, ele terá energia normalmente. Mas, para isso, o sistema precisa de baterias, que adiciona um valor ao projeto bem acima dos sistemas on-grid.

Utilizado para propósitos específicos e locais, como bombeamento de água, eletrificação de cercas e postes de luz, os sistemas de pequeno porte possuem capacidade energética que varia entre 1,5 kilowatt-pico (kWp) e 20 kWp e os grandes, de 20 kWp a 1 MWp.

Vantagens e Desvantagens

Na verdade, para saber qual o sistema ideal para você, é necessária uma avaliação estrutural do local da instalação, entre outras questões, como geográficas e técnicas para de fato estabelecer um parâmetro confiável. No entanto, para que você descubra as vantagens e desvantagens gerais dos sistemas on-grid e off-grid, preparamos um quadro com as principais de cada um.

On – grid

Vantagens Desvantagens
Custo reduzidoNão é completamente independente
Dispensa a utilização de baterias e sistema de cargas Pagamento do custo de disponibilidade (o mínimo pelo uso da rede)
Mais eficiência
Projeto mais equilibrado  
Sistema de compensação de créditos  
Possibilidade de utilizar os créditos em outra unidade consumidora do mesmo proprietário  
Tem os riscos técnicos reduzidos por contar com a rede da Distribuidora  

Off-grid

VantagensDesvantagens
Pode ser utilizado em regiões
remotas
Custo mais elevado
Possui sistema de armazenamento
de energia
Menos eficiente
Não há custo de disponibilidadeDepende de baterias e sistemas de
carga

Benefícios gerais da geração própria de energia

Quando o cliente passa a gerar sua energia, garante um novo aliado na gestão de custos. Já que passa a contar com mais independência e segurança trazidas pela geração. Por meio da tecnologia de painéis solares que absorvem a luz do sol e geram a energia elétrica que move nosso dia a dia, as contas de luz chegam a uma redução de 99%.

As placas possuem garantia de performance de 25 anos. Depois disso, a placa ainda estará produzindo pelo menos 80% de sua capacidade de geração inicial. Já o período médio de retorno do investimento é abaixo de 4 anos.

Por isso, este investimento permite uma redução imediata nas faturas de energia. Assim, os consumidores podem usufruir de uma economia que impacta diretamente em sua produtividade.

Ainda tem dúvidas sobre a tecnologia? Baixe nosso e-book e tire todas as suas dúvidas sobre energia solar.

Leia mais: