Blog

Geração Distribuída no Brasil: segurança jurídica tranquiliza o setor

 Uma notícia divulgada durante o evento organizado pela Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR), em São Paulo, tranquilizou consumidores que já geram a própria energia por meio da geração distribuída.

 

Na ocasião, o superintendente de regulação dos serviços de distribuição da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Carlos Alberto Calixto Mattar, disse que as eventuais alterações na Resolução Normativa nº482 (marco regulatório que autorizou a geração própria de energia a partir de fontes renováveis), não afetarão consumidores que já possuem os sistemas de geração, sejam eles em residências, comércios e indústrias.

 

Assim, a mudança nas regras da geração distribuída prevista para ocorrer a partir do segundo semestre de 2019, será apenas para as novas conexões. Para o Engenheiro responsável pelo setor solar no Grupo Arion, que participou do evento em São Paulo, Lucas Matias, a notícia é importante para garantir os direitos de quem já gera a própria energia.

 

“Essa informação era muito aguardada e traz tranquilidade e segurança para os consumidores com sistema fotovoltaico já instalado, além de incentivar novos investimentos no setor antes das mudanças previstas na resolução”, reforça.Conheça 3 problemas que a energia solar vai solucionar para você.

 

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

 

A geração distribuída no Brasil

 

Criado em 2012, a Geração Distribuída incentiva o uso da energia sustentável, diversificando a matriz energética brasileira. Além disso, possibilita também a ampliação do acesso mesmo a locais remotos, com menos custos financeiros e menor impacto ambiental.

 

Se você se interessa por Energia Solar e gostaria de entender mais sobre a tecnologia e seus benefícios, baixe nosso infográfico. É gratuito.

 

Leia mais:

O retorno financeiro da energia solar é vantajoso?

Como instalar um painel solar fotovoltaico em empresas e residências?